Início Diabetes 10 Nutrientes que Ajudam a Combater a Diabetes

10 Nutrientes que Ajudam a Combater a Diabetes

1051
0
COMPARTILHE

Consumir nutrientes que ajudam a combater a diabetes é muito importante para se ter uma saúde invejável. Os principais nutrientes são os que fazem com que o corpo controle os níveis de açúcar e insulina no organismo. Para que possamos absorver bem os diferentes tipos de vitaminas e minerais que ajudam a controlar a diabetes nossa alimentação deve ser a mais variada possível. Essa falta de variação no alimentos é que tem causado um crescente número de pessoas que desenvolvem doenças como a diabetes.

nutrientes que ajudam a combater a diabetes

Mesmo sendo uma grande fonte de energia para o nosso organismo, o excesso de glicose no corpo pode nos causar problemas sérios de saúde. Entre alguns sintomas desse excesso estão o cansaço, a perda de peso, o excesso de urina e a visão embaçada. É importante investir em uma alimentação rica em nutrientes que ajudam a combater a diabetes para que no futuro você não precise tomar grandes precauções para seguir uma dieta rígida, além de ter que gastar muito dinheiro com remédio.

10 Nutrientes Que Ajudam a Combater a Diabetes

1. Proteínas: as proteínas tem um papel muito importante para formar a cartilagem, ossos e a pele. Além disso ela também ajuda na secreção da insulina e a controlar o índice glicêmico no nosso corpo. É um nutriente muito importante principalmente para diabéticos com problemas renais, pois ela auxilia na regulação  no bom funcionamento dos rins. Apenas tome cuidado com o excesso, pois cerca de 30% da proteína consumida pode virar glicose na corrente sanguínea. Entre os alimentos mais indicados estão o de origem bovina como a carne vermelha e os derivados do leite, e os de origem vegetal como o feijão, a lentilha, a soja, as nozes e a ervilha.

2. Magnésio: o magnésio é um mineral muito importante para o bom funcionamento do corpo. Dentre suas principais funções está regular os níveis de glicose e insulina no nosso organismo, além de equilibrar a pressão arterial. Pessoas que já possuem diabetes podem apresentar deficiência a esse nutriente, por isso é importante que se tenha um acompanhamento médico adequado para que seja feita a reposição através de suplementos alimentares.

3. Polifenol MHCP: um excelente óleo como propriedades medicinais interessantes como ser antibacteriana, analgésica e antiviral. Mas a função mais importante é regular os níveis de insulina nas células, melhorando a quantidade de glicose na nossa corrente sanguínea, tornando-se muito importante para ajudar a combater a diabetes. O alimento mais rico em polifenol MHCP é a canela.

4. Cromo: o cromo é mineral pouco conhecido mas que desempenha um papel importante na luta contra a diabetes. Ele ajuda a insulina a colocar a glicose dentro das células mais facilmente, fazendo com que o corpo se mantenha mais equilibrado, se tornando uma ação muito benéfica para quem possui diabetes do tipo 2. Mas quem já possui diabetes do tipo 1 ou 2, e faz uso da insulina, deve tomar cuidado com o uso de suplementos à base de cromo, pois o excesso pode causar um quadro de hipoglicemia no sangue.

LINKS RECOMENDADOS

5. Ácido Alfa Lipóico: o ácido alfa lipóico tem como uma das principais funções auxiliar no tratamento de problemas relacionados ao baixo fluxo sanguíneo nos nervos, ajudando a reduzir as dormências e formigamentos decorrentes de doenças neurológicas, e não apenas do diabetes.

Ele atua ainda na melhora de quadro em que existe a chamada neuropatia diabética, que é um agravamento da diabetes e que pode causar dores e a perda da sensibilidades de partes do corpo. O seu uso é feito há anos, em diversos países, por pacientes que dependem e não dependem da insulina, pois foi comprovado que ele ajuda no controle dos níveis de açúcar em nossa corrente sanguínea, ajudando a combater a diabetes.

6. Vitamina B1: a vitamina B1 é um dos grandes nutrientes que ajudam a combater a diabetes. De acordo com alguns estudos, a carência de vitamina B1 (também conhecida como tiamina) pode provocar complicações em pessoas que possuem essa doença. Isso porque ela protege nossas células do aumento excessivo de glicose, ajudando a prevenir problemas ocasionados pela diabetes, como o cálculo renal, doenças cardiovasculares e problemas na visão. A preocupação maior é que pessoas que possuem diabetes tendem a expelir 15 vezes mais vitamina B1 do corpo se compararmos com pessoas que não possuem a doença. Por isso é importante um acompanhamento médico adequado sem que se faça uma suplementação por conta própria.

7. Vitamina C: a vitamina C apresenta diversos benefícios para a nossa saúde e para o combate à diabetes não poderia ser diferente. Além de ser um ótimo antioxidante e possuir papel importante na construção de tecidos e órgãos, a vitamina C também ajuda a regular os níveis de glicose e insulina em nosso corpo. Estudos confirmaram que pessoas que tinham baixos níveis de vitamina C no corpo possuíam grandes possibilidades de desenvolver a diabetes mellitus do tipo 2. As principais fontes de vitamina C são frutas e verduras como a goiaba, a acerola, o limão, o abacaxi, o morango, o tomate, o pimentão, o alho, a cebola e o alface.

nutrientes que ajudam a combater a diabetes 2

8. Resveratrol: o resveratrol é um melhores nutrientes que ajudam a combater a diabetes porque ajuda a impedir a resistência de insulina, uma condição na qual o corpo torna-se menos sensível aos efeitos dos medicamentos à base de insulina ajudando, com isso, a abaixar os níveis de glicose no sangue. A resistência à insulina é um grande causador de diabetes, por isso devemos nos preocupar com os seus níveis no nosso organismo. O resveratrol ainda tua como um ótimo antioxidante e ajuda a prevenir o Alzheimer. O chocolate amargo, as uvas vermelhas, o amendoim e o mirtilo são boas fontes de resveratrol. O vinho tinto é uma bebida muito indicada, porém deve ser consumida com moderação por causa dos níveis de álcool, o que pode provocar alteração nos níveis de glicose no sangue.

9. Vitamina D: um organismo carente em vitamina D pode se tornar resistente à insulina e propenso a desenvolver a diabetes do tipo 2. Pelo fato de ajudar na produção de renina, o consumo de vitamina D ajuda a evitar a diabetes gestacional e a diabetes do tipo 2, além de ser benéfico para quem possui diabetes do tipo 1, pois ajuda a evitar danos ao organismo por causa da regulação do sistema imunológico. A vitamina D pode ser encontrada em alimentos como o salmão, o óleo de fígado de bacalhau, ovos, ostras e sardinhas.

10. Zinco: o zinco é um mineral muito importante na correta absorção e funcionalidade da insulina no corpo, pois ela atua regulando os níveis desse hormônio no organismo. Isso é importante para evitar casos que podem complicar ainda mais a doença, como a hiperglicemia, por exemplo. Dentre os alimentos ricos em zinco estão o amendoim, as ostras, o fígado, a carne de boi e a berinjela.