Início Diabetes Diabetes Gestacional – O que é e Como Tratar

Diabetes Gestacional – O que é e Como Tratar

861
0
COMPARTILHE

O diabetes gestacional ocorre quando a glicose se encontra em grandes quantidades na corrente sanguínea durante a gravidez. É um tipo de diabetes que geralmente ocorre na segunda fase da gravidez, sendo comum em cerca de 5% de todas as gestações, mas geralmente desaparece logo após o parto. Porém se não for tratado corretamente, de acordo com as orientações médicas, ela pode gerar complicações para a gestante e para o bebê.

Mesmo que ocorra o tratamento adequado, as mulheres que já tiveram diabetes gestacional passam a integrar um grupo de risco para o desenvolvimento do diabetes mellitus do tipo 2 no futuro. Por isso é importante manter hábitos saudáveis, juntamente com um acompanhamento médico, mesmo após o parto.

Diabetes Gestacional

Causas do Diabetes Gestacional

Não há um confirmação concreta em que mostra o principal motivo de desenvolvimento do diabetes gestacional. Sabemos que o diabetes ocorre quando o corpo não consegue absorver a quantidade necessária do hormônio insulina (resistência à insulina) para controlar os níveis de glicose no sangue, ou porque o pâncreas não produz a quantidade necessária de insulina para que o corpo funcione corretamente. Aos nos alimentarmos, o corpo faz a digestão enviando açúcar para o sangue. O papel da insulina é retirar esse açúcar em excesso da corrente sanguínea e transformá-lo em energia para demais partes do corpo. Quando esse ciclo não funciona perfeitamente, há um acúmulo de glicose (açúcar) na corrente sanguínea e, assim, o organismo estará em risco para desenvolver o diabetes.

Alguns estudos apontam que o diabetes gestacional tem ligação com a alta produção de diversos hormônios pela placenta. Esses hormônios em excesso podem provocar um certo bloqueio à ação da insulina na corrente sanguínea, fazendo com que a quantidade de glicose aumente consideravelmente. É através da placenta que o bebê recebe sangue e nutrientes, então se não for tratada de maneira adequada, o diabetes gestacional pode afetar o desenvolvimento e a saúde do bebê.

LINKS RECOMENDADOS

Não há como prevenir o diabetes gestacional porque ela está intimamente ligada às diferentes alterações hormonais, porém existem alguns fatores de risco que pode influenciar o seu desenvolvimento. Os fatores de risco mais comuns são:

  • Casos de diabetes na família;
  • Já ter tido diabetes gestacional antes;
  • Mulheres com mais de 25 anos;
  • Gestação anterior em que o bebê nasceu com cerca de 5 kg ou mais;
  • Mulheres acima do peso;
  • Mulheres com ganho de peso acima do normal durante a gestação;
  • Hábitos pouco saudáveis como má alimentação, consumo de álcool e sedentarismo;
  • Não fazer o pré-natal.

Sintomas do Diabetes Gestacional

É difícil observar os reais sintomas do diabetes gestacional porque eles são confundidos com algumas alterações normais de qualquer gravidez, por isso é indicado que haja sempre um acompanhamento médico e que a gestante não deixe de fazer o pré-natal. No entanto, há alguns sintomas que podem ser observados porque são semelhantes aos sintomas da diabetes mellitus. Entre os mais comuns está a fome e sede excessiva, aumento da vontade de urinar, fadiga, visão turva e embaçada, aumento de peso além do normal e inchaço na região das pernas.

Tratamento do Diabetes Gestacional

O tratamento para o diabetes gestacional tem como ponto principal melhorar a alimentação e inserir uma rotina de exercícios físicos à gestante. Ao adotar uma saudável em que o objetivo é diminuir a quantidade de açúcar no sangue, e uma rotina de exercícios físicos, a gestante estará ajudando a proteger a saúde dela e do bebê ao mesmo tempo.

Em alguns casos há a necessidade de tratamento um pouco mais complexos, onde se faz a necessidade do uso de medicamentos para abaixar a glicose no sangue através da ingestão de insulina. Independente do nível de diabetes gestacional e da complexidade do tratamento indicado pelo médico, é importante que todos os cuidados sejam seguidos à risca para que a saúde da gestante e do bebê sejam preservadas.

Diabetes Gestacional - O que é e Como Tratar

Dieta para Diabetes Gestacional

O principal objetivo de uma boa alimentação na gestação é favorecer a saúde, evitando condições que possam causar qualquer tipo de doença na gestante ou no bebê. A dieta para o diabetes gestacional deve ser focada em reduzir quantidade de glicose no sangue e fazer com que o ganho de peso seja em proporções normais. Não é saudável tentar emagrecer, pois o aumento de peso é sinal de que o bebê está crescendo, por isso o peso deve ser sempre controlado. O ideal que ocorra um aumento na ingestão de legumes, verduras, frutas, sucos naturais, água, grãos e outros alimentos saudáveis. Além disso é importante evitar bebidas alcoólicas, carboidratos em excesso, doces, alimentos e bebidas termogênicas e outros hábitos alimentares pouco saudáveis. Conheça os 10 nutrientes que ajudam a combater o diabetes.

Leia também: saiba tudo sobre diabetes.

Gostou das Dicas? Compartilhe e Deixe Seu Comentário Abaixo