Início Nutrientes de A a Z Tiamina – Vitamina B1

Tiamina – Vitamina B1

759
0
COMPARTILHE

A tiamina ou vitamina B1, como também é conhecida, é uma vitamina pertencente ao complexo B e pode ser solúvel em água. tem um papel fundamental na boa formação dos músculos, do sistema nervoso, na regulação da glicose no sangue ao transformá-la em energia, e na sintetização correta dos carboidratos pelo nosso corpo. A tiamina também é importante para prever picadas de mosquitos como o da dengue, por exemplo, pois ao ser ingerida ela exala um odor através da pele que faz com com que os os mosquitos se afastem. Esse odor é quase imperceptível para os seres humanos, e essa técnica é, inclusive utilizada como repelente natural por quem frequenta locais como campos e florestas.

A tiamina auxilia também para abrir o apetite, por isso muitas mães costumam comprar suplementos ricos nesse nutriente, na tentativa de fazer com que os filhos se alimentem com mais frequência. Mas essa prática só é aconselhada com uma consulta prévia a um especialista da área de saúde.

Alimentos Ricos em Tiamina

Nosso organismo não armazena a quantidade de tiamina necessária para o seu bom funcionamento, por isso é necessária possuir uma alimentação rica em vitaminas do complexo B para que seja ingerida a dose recomendada de tiamina. Dentre os alimentos animais ela pode ser encontrada na gema de ovo, na carne de porco, carne de vaca, presunto defumado, carne de vaca, no peixe e no fígado. Dentre os alimentos do reino vegetal, as boas fontes de tiamina são o amendoim, a castanha, os legumes, as nozes e a maioria dos vegetais, porém as principais fontes estão entre os cereais integrais, como o trigo, o centeio, a quinoa, fubá, farinha de aveia e a cevada em pó. As massas cozidas são também uma excelente fonte de tiamina.

Alimentos-ricos-em-tiamina

Deficiência de Tiamina no Organismo

A deficiência de tiamina no organismo pode causar de danos simples aos mais sérios e irreversíveis. Dentre os problemas que essa falta de tiamina no nosso corpo faz está a prisão de ventre, a perda de apetite, como a lesão cerebral, o beribéri (problemas cardíacos e paralisia de membros), a síndrome de Wernicke-Korsakoff​ (perda de coordenação muscular, alucinações e amnésia) e problemas nos nervos, podendo levar à paralisia e até ser fatal. A diabetes também pode favorecer a deficiência de tiamina no organismo.

LINKS RECOMENDADOS

A falta de tiamina no organismo geralmente acontece em pessoas que consomem bebidas alcoólicas com frequência, abaixo do peso, que passaram por recentes cirurgias no estômago ou que apresentem um quadro constante de vômitos. Dentre os sintomas mais comuns da falta de vitamina B1, ou tiamina, está a irritação e o cansaço excessivo, a falta de apetite, dores em determinadas regiões do corpo, como na barriga ou no peito, falhas na memória e na concentração e quadro depressivo. Nesse casos é necessária uma suplementação através do acompanhamento de um nutricionista.

tiamina

Excesso de Tiamina no Organismo 

O excesso de tiamina só ocorre através da suplementação, porque os alimentos só fornecem a quantidade necessária para o bom funcionamento do organismo. E ela é uma vitamina solúvel em água, então boa parte é perdida durante o cozimento dos alimentos, ou até mesmo expelido pelo corpo através da urina ou suor. Dificilmente ocorre uma intoxicação pelo excesso de tiamina no organismo, mas em alguns raros casos ela pode causar coque anafilático e quadros leves de depressão. A quantidade recomenda vaia de 0,9 a 1,3 mg para os adultos, e 0,2 a 0,9 em bebês, crianças e adolescentes. Na gestação e na fase de amamentação é recomendada um consumo diário de cerca de 1,4 miligramas de tiamina.